6 dicas de como melhorar sua gestão empresarial

gestão

Ser empreendedor é tarefa fácil, difícil mesmo é a batalha pela sobrevivência no mundo corporativo, vez que a competição é acirrada e é preciso atenção a detalhes para manter-se no mercado.

O perfil empreendedor requer atenção e uma visão crítica para construir melhorias efetivas e com bons resultados para o momento da empresa.

Uma grande vantagem significativa é a otimização dos processos. A concorrência é grande e é preciso analisar com cautela todos os caminhos a serem trilhados até a finalização de cada processo executado, pois só assim será possível um resultado diferenciado e eficaz.

Algumas dicas podem ajudar sua empresa a disparar na frente da concorrência, além de melhorar a gestão empresarial.

Os principais pontos são:

Conheça cada cliente e estude o mercado

O fluxo de mudanças é rápido e o que funcionou no semestre anterior pode não funcionar nesse próximo.

Esteja sempre atento as alterações e movimentações, as tendências e comportamento do mercado, principalmente onde sua empresa atua, mas não deixe de estudar outros mercados onde seus clientes possam estar inseridos.

Isso pode ajudar a entender o momento e a necessidade deles, além de lhe dar cartas para ajudá-los a encontrar soluções para seus problemas ou melhorias no andamento.

Claro que a princípio você fez um plano de negócios e quer seguí-lo a risca para não ter problemas, correto? Sim, tem toda razão e precisa mesmo se preocupar em não alterar a essência de seu negócio, porém já pensou em como era o mercado naquela época e como ele está agora?

Podemos estar em um momento de crise, mas não é só isso que muda o mercado, há evoluções a serem estudadas e analisadas, todo momento é hora de reavaliar o plano empresarial e se perguntar se ainda está de acordo com o que acontece no mundo ao seu redor.

O mesmo serve para seus clientes, como já dito, é preciso estudá-los e saber quais as necessidades de cada um deles, só assim será certo ajustar o que você oferece com o que eles procuram.

Detecte o problema certo e trabalhe para resolvê-lo

Detectar um problema é o básico para arrumar o que está errado, não é mesmo? Mas já pensou que, talvez, o problema que foi encontrado pode ser adiado para resolver outro mais urgente?

Muitas vezes focamos no problema e no momento errado, o que dificulta acertar as coisas. Isso significa dizer que o problema “c” pode estar sendo causado pelo “b”, mas antes de tudo precisamos descobrir quem é o “a”, ou seja, a ordem dos problemas pode ser diferente do que se pensa.

Defina metas e objetivos, só assim é possível resolver problemas ao longo do processo.

Se ainda não ficou claro, coloque no papel o que pretende fazer, em seguida como vai realizar e quais as tarefas serão necessárias para realização. Isso facilitará a visão sobre os processos e onde estão as falhas.

Mantenha os funcionários motivados

Os funcionários são parte integrante do mecanismo empresarial, se um não está bem, pode agravar a situação de todo um setor.

Parece surreal e muito humanizado, mas pense que por acaso ocorreu um problema familiar com um dos funcionários e esse precisou faltar durante toda a semana.

Agora tente visualizar como está o setor sem um profissional. Com certeza alguém precisa fazer o trabalho dele e, caso não o façam o problema já começou.

O melhor é fazer com que a empresa se mostre preocupada com cada individuo, observar o que os funcionários acham da empresa é um grande passo para mantê-los por perto e com ótimo conceito.

Não se esqueça de que o atendimento a seus clientes depende de como sua equipe está em relação ao trabalho. Ouça o que eles têm a dizer sobre o que está acontecendo e a forma de trabalho.

Ouvir os funcionários pode trazer uma visão mais criativa sobre a forma de lidar com os processos, até porque são eles quem utilizam as ferramentas e sabem até onde elas facilitam e atrapalham o cotidiano.

Procure manter os salários de acordo com o piso salarial e ofereça benefícios e bonificações.

Saber resolver problemas da equipe pode trazer um novo ritmo a sua empresa. Se um cliente satisfeito é ótimo para desenvolvimento, dê graças a quem atendeu a ele, só é possível manter um ambiente agradável com pessoas felizes. O reconhecimento é um grande motivador.

Realize pesquisas internas para saber como seus funcionários se sentem no ambiente de trabalho, muitas vezes um detalhe pode fazer a diferença.

Tenha os processos bem elaborados e armazenados

Os processos bem elaborados e armazenados com exatidão ajudam na capacitação de novos funcionários.

Isso significa dizer que é mais fácil organizar de forma didática tudo o que acontece durante o trabalho, que contratar alguém como multiplicador do que já é rotina na sua empresa.

Além disso, ajuda o gestor a compreender o que está sendo executado e de que forma está sendo feito. Com isso será possível identificar possíveis falhas e, em tempo, consertar o que está sendo feito errado.

Utilize softwares e aplicativos

softwares e aplicativos

A utilização de softwares e aplicativos já não é mais uma grande novidade entre as empresas, mas ainda há quem não tenha noção da importância deles.

É preciso que o gestor tenha contato com todos os setores da organização, o que toma bastante tempo, mas com o auxílio de algumas dessas plataformas é mais preciso otimizar o tempo gasto.

Ter um controle sistêmico minimiza erros humanos e integra toda a empresa de forma que facilite a avaliação do gestor.

Estratégias gerenciais

A estratégia na gestão deve estabelecer objetivos que resultem na melhoria empresarial como um todo. Pensar apenas em gastos e lucros não desenvolve melhorias significativas para empresa ou seus clientes. Foque em algo mais produtivo como avaliar etapas e processos de cada setor.

Investir em funcionários é um ótimo negócio. Algumas empresas buscam incentivar a equipe custeando parcial ou total os estudos de algum funcionário (ou de todos), esse tipo de ação ajuda a empresa a crescer de forma significativa interna e externamente.

Investir em projetos grandes é ótimo e resulta em lucros significativos, mas já pensou que ficar de olho no peixe grande pode fazer com que os pequenos escapem? Pois bem, melhor muitos pequenos, que apenas um com tamanho mais avantajado.

Os projetos grandes podem ser lucrativos, mas não trazem tanta visibilidade. Investir em pequenos projetos pode ser um caminho mais eficaz para chegar ao patamar que sua empresa está galgando, mas avalie bem se o custo x benefício será bom para ambas as partes.

A palavra chave é analisar e avaliar! Tudo que é feito enquanto empresa deve seguir a risca esse principio.

Ter todo seu negócio sob seu controle pode parecer demais e realmente é, até por isso as grandes empresas dividem funções. No entanto, quando existe apenas um responsável, essa pessoa precisa manter tudo em ordem.

Se esse é seu caso, não precisa se desesperar. A solução é seguir algumas dessas dicas e começar a informatizar tarefas através de softwares e aplicativos que auxiliem na gestão de seu negócio.

Existe uma solução para cada tipo de situação, basta pesquisar qual a melhor para o momento em que sua empresa está.

Tem alguma outra sugestão ou dúvidas, deixe seu comentário abaixo! 🙂

Alex
Alex
Aficcionado por tecnologia, está sempre pensando em como solucionar os problemas que surgem de maneira inteligente e por isso que é Co-Founder e CTO do http://negocieapp.com.br. Ama produtos Apple e um boa UX!