Cold Mail: o que é e como fazer para gerar mais contatos de vendas

cold-mail

Cold Mail é a atitude de puxar conversa com alguém, mais precisamente um lead, com quem você nunca conversou antes.

O envio do Cold Mail é ideal para quem tem uma lista de contatos extensa e quer selecionar apenas aqueles contatos que estão prontos para fechar negócio. E, claro, também é uma opção para quem não tem o telefone do lead, apenas o e-mail.

Mas, assim como na Cold Call, no Cold Mail também existem alguns desafios que você precisa vencer, como, por exemplo:

Se na Cold Call você corre o risco de ligar para alguém que não tem mais aquele número de telefone, se mudou ou não está presente naquele momento, durante o Cold Mail você pode acabar enviando uma mensagem a uma conta de e-mail que não existe mais ou que não é mais utilizada, afinal, as pessoas vivem trocando de e-mail.

Na Cold Call, é possível que você ligue para um telefone que redirecione a uma URA ou central de atendimento. No Cold Mail pode acontecer de você enviar um e-mail comercial genérico, que várias pessoas gerenciam, dificultando que você chegue até o lead.

cold-mail

Cold Call traz resultados? O Negocie prova que sim! Confira nosso post Cold Call ainda funciona?

A maior dificuldade no Cold Mail é encontrar a pessoa certa com quem você quer falar. Você não está olhando para a pessoa que lê a mensagem, tampouco ouvindo sua voz.

  

Mas quem é a pessoa certa?

O objetivo do Cold Mail é chegar até o lead e transformá-lo em cliente. A pessoa certa, neste caso, é o tomador de decisões. A pessoa que irá fechar negócio com você diretamente. Não é seu ajudante, sua secretária, seu colega de trabalho. É quem vai dar o aval para o fechamento do negócio.

Você não tem apenas que evitar que seu e-mail vá para a caixa de spam, mas também precisa trabalhar para que seu e-mail não acabe indo para a lixeira sem ao menos ter sido aberto.

Com as ferramentas certas e algumas técnicas de persuasão, seu Cold Mail terá o retorno que você espera. Confira algumas dicas:

 

1) Seja o mais específico possível no assunto: A objetividade aumenta (e muito!) a possibilidade de abertura do e-mail. Manter suspense é bom, mas melhor ainda é ir direto ao ponto. Gera mais aberturas de e-mails e mais resultados, significando mais conversões. Atente-se ao número de caracteres para que o título seja totalmente visível e deixe as palavras-chave em primeiro lugar.

2) Conheça seu público-alvo: Mesmo se tratando de um primeiro contato, quando você ainda não sabe o bastante sobre o lead, faça um estudo prévio antes de enviar um e-mail. Durante a pesquisa de contatos, colete o máximo de informações sobre o lead e tente descobrir se ele é qualificado, ou seja, se ele tem chances de se tornar o cliente ideal. Isso vai economizar tempo e evitar chateação para ambos os lados.

3) Não use títulos sensacionalistas: É verdade que títulos sensacionalistas atraem, mas a taxa de conversão nesses casos é quase zero. Isso porque o lead irá abrir o e-mail por causa do título que lhe chamou a atenção e vai se deparar com um conteúdo que não condiz com a chamada. Entregue o que promete no campo assunto se não quiser que seus próximos e-mails sejam ignorados. Use no máximo 60 caracteres.

4) Você pode usar perguntas no campo assunto: A curiosidade gerada por uma pergunta pode levar o lead a abrir sua mensagem. Se a pergunta meche diretamente com uma necessidade do lead, melhor ainda. Use perguntas do tipo: Procurando por [especifique aqui a necessidade do lead]? Faça com que ele se identifique com o título do e-mail. Mas não exagere nas perguntas, lembre-se do item número 3.

5) Você também pode usar seu nome no campo assunto: Apenas em algumas ocasiões, use “sua graça” no campo assunto. Mas seu nome deve vir sempre acompanhado do nome da sua empresa para que o cliente saiba quem você é, de onde vem e o que quer. Na dúvida, use o campo assunto para um título mais relevante e reserve o corpo do e-mail para se apresentar. Deixe seu nome para uma próxima conversa.

6) Seja objetivo e equilibrado: Diferente da Cold Call, o Cold Mail não precisa ser verbalizado, o que abre mais espaço para argumentação e com a vantagem de não ser interrompido. Mas não exagere. Ao se deparar com textos muito extensos, em letras pequenas e parágrafos juntos, a tendência do leitor é dispersar e desistir da leitura. Escreva apenas o necessário e de forma que a leitura fique agradável.

7) Acompanhe as métricas: Você não saberá o retorno que teve se não acompanhar os números. Mantenha uma tabela atualizada com o número de e-mails que mandou, com quantos decisores você conseguiu falar e quais deles são qualificados para adquiri o seu produto/serviço. Essa conversão vai lhe apontar se seu discurso está tendo força e trazendo resultados positivos.

 

Lembre-se: cold mail não é e-mail marketing. O Cold Mail deve ser personalizado, feito sob medida para cada prospect, enquanto o e-mail marketing segue um modelo padrão que é disparado para diversos contatos de uma só vez.

Além disso, no e-mail marketing o lead cadastrou seu endereço de e-mail e escolheu receber suas mensagens. Já no Cold Mail não, você é que foi atrás do lead.

O e-mail marketing é uma forma de manter o contato e continuar a conversa. Já o Cold Mail é uma tentativa de iniciar essa conversa.

 

Exemplos de Cold Mailing

 

Exemplo 1:

Olá [primeiro nome],

Meu nome é [seu nome] e eu estou em parceria com a [nome da sua empresa]. Trabalhamos com organizações como a [nome da empresa] para [citar resultados e benefícios].

Vamos explorar como [nome do seu software] especificamente pode ajudar seu negócio. Você está disponível para uma ligação rápida [hora e data]?

Obrigado pelo seu tempo!

[Sua assinatura]

 

Exemplo 2:

Olá, [primeiro nome].

Espero que este e-mail tenha chegado em boa hora!

A [Nome da sua empresa] tem uma nova plataforma que irá ajudar você e sua equipe na gestão empresarial.

Eu sei que [nosso produto] será capaz de ajudá-lo a [insira um benefício de alto nível aqui].

Você está disponível para uma ligação rápida [hora e data]?

Saudações,

[Sua assinatura]

 

 

Ferramentas para Cold Mail

Existem algumas ferramentas disponíveis que vão lhe ajudar a criar um Cold Mail personalizado para cada lead. Uma delas é a Reev, que oferece a opção de criar templates para facilitar a produção e o envio de Cold Mailing. Ela ainda permite acompanhar os índices de abertura de e-mail, resposta, cliques e downloads.

Mandou e-mail, mas não teve resposta? Descubra Como fazer com que os clientes ocupados respondam aos seus e-mails!

Alex
Alex
Aficcionado por tecnologia, está sempre pensando em como solucionar os problemas que surgem de maneira inteligente e por isso que é Co-Founder e CTO do http://negocieapp.com.br. Ama produtos Apple e um boa UX!