O que é Benchmarking e como ter um diferencial competitivo no mercado

benchmarking

Saiba o que é o processo de benchmarking e como realizá-lo de forma prática e simplificada

Do inglês benchmark, que significa referência, o benchmarking é um processo de comparação de produtos, serviços e melhores práticas empresariais, e é considerado um importante instrumento de gestão empresarial.

Por meio de um processo de muita pesquisa e comparação, o benchmarking ajuda você a descobrir como sua empresa está se saindo em meio à competitividade do mercado de trabalho.

O benchmarking permite aos gestores compararem os melhores produtos, adquirirem os melhores serviços e adotarem as melhores práticas e metodologias empresariais usadas pelos rivais, usando-as como ponto de referência para alçarem um nível de superioridade gerencial e operacional.

O benchmarking foi feito para você que quer participar da luta diária para alavancar vendas e mostrar seu diferencial. Você está preparado? Então confira as dicas do Negocie para entrar na partida mais competitiva do mercado: correr lado a lado com seus maiores concorrentes.

benchmarking

Quais os principais tipos de benchmarking?

Existem basicamente quatro tipos de benchmarking:

 

Benchmarking interno: busca pelas melhores práticas adotadas dentro da própria empresa, que podem ser filiais, departamentos que desenvolvem metodologias inovadoras, etc.

Benchmarking competitivo: aqui, o foco é a análise minuciosa das práticas de seus concorrentes, visando superá-las.

Benchmarking funcional: nesse caso, o que é comparado é o processo de trabalho entre as empresas, ainda que elas atuem em segmentos diferentes.

Benchmarking de cooperação: duas empresas estabelecem uma parceria, compartilhando as informações secretas de seus processos. Isso costuma acontecer quando uma empresa modelo divulga alguns processos para o aprendizado de outra por motivos de prestígio, notoriedade.

Em qualquer tipo, o benchmarking é um processo difícil, pois as empresas costumam guardar a sete chaves os segredos de seu sucesso.

Talvez o exemplo mais conhecido seja o caso da Coca-Cola, uma empresa avaliada em mais de 41 bilhões de dólares, que mantém receita de seu refrigerante mais popular – a própria Coca-Cola – em segredo por mais de cem anos.

A gigante guarda a versão oficial de sua receita em um cofre localizado em Atlanta, na Geórgia-EUA, e só dois funcionários têm a chave.

 

Como fazer benchmarking?

Engana-se quem pensa que só as multinacionais fazem benchmarking. Não importa o tamanho da sua empresa, fazer benchmarking é fundamental.

O benchmarking é uma excelente estratégia de feedback, que mostra o que está funcionando ou não na sua empresa, ajudando você e sua equipe a tomarem melhores decisões para garantirem e melhorarem seus resultados.

Para implementar um bom benchmarking em seu negócio você vai precisar de:

benchmarking

Análise interna: será necessário fazer uma avaliação minuciosa dos processos internos e das práticas atuais da sua empresa. Para mudarmos, precisamos primeiro entender quem somos e depois pensar no que devemos melhorar.

Análise externa: Quando você escolhe atuar em determinado segmento, você precisa conhecer muito bem a sua concorrência para saber com quem está lidando. Identifique as empresas de excelência em seu ramo para que possam competir lado a lado.

Selecione as agências ou empresas com quem você quer fazer uma troca de experiências: Faça uma lista das empresas de sucesso que você mais admira e vá atrás da receita do sucesso. Tendo o alvo bem definido fica mais fácil acertar em cheio.

Selecione os indicadores qualitativos e quantitativos que você deseja investigar: O que lhe fez escolher as empresas acima? Quais os resultados que você almeja e quer alcançar? Você quer vender mais seu catálogo atual ou quer investir em novos produtos? Quer captar mais clientes ou quer enxugar os clientes e mirar em um público mais qualificado?

Definição de métodos e estratégias para captura de dados: Como você vai conseguir chegar perto do grande segredo das empresas de sucesso? Fazer uma parceria, participar de um programa oferecido pela empresa ou até mesmo um convênio podem ser a solução.

Análise de mercado: Sabendo o segredo da concorrência, analise as melhores práticas que podem ser moldadas ao seu negócio. Nunca se esqueça de que benchmarking não é cópia, é inspiração para melhorias e deve ser feito sob medida para o seu negócio.

Identificação de lacunas de desempenho: Nessa etapa, você irá identificar os espaços em branco que lhe distanciam do sucesso e preencher essas lacunas identificando quais as metas para melhoria de processos você precisa definir e qual o prazo de alcance.

Reavaliação de métodos: Como em qualquer campo, o mercado muda e as estratégias de negócio também precisam mudar, ser reavaliadas e reestruturadas para acompanhar a concorrência. Se você quer estar entre os melhores, precisa investir em inovação.

 

Que resultados o benchmarking vai trazer para a minha empresa?

As principais vantagens quando se aplica as estratégias e processos de benchmarking em seu negócio são, além de obviamente obter resultados positivos em vendas, o auto conhecimento e a melhoria dos processos da sua empresa.

Para que a estratégia benchmarking dê certo, é preciso estabelecer metas e objetivos realistas e alcançáveis, baseando-se no modelo de negócios que deu certo com os seus melhores concorrentes.

Saiba como definir os objetivos de marketing da empresa conferindo nosso post: como definir seus objetivos de marketing com a estratégia SMART!

A partir dos dados reunidos e das comparações, sua empresa pode adotar novos conceitos de avaliações e um novo modelo de negócios pode surgir.

 

Com o benchmarking você pode:

  • Amentar o conhecimento que a sua empresa tem sobre si mesma
  • Motivar sua equipe a alcançar objetivos pré-definidos e já atingidos por outras empresas
  • Ter maior conhecimento sobre o mercado
  • Reduzir custos e otimizar processos, contribuindo com o aumento na produtividade e, consequentemente, com o aumento da margem de lucro do seu negócio
  • Aprimorar seus processos e práticas empresariais para chegar o mais próximo da perfeição
  • Aprender com os campeões

 

Depois de reunir todos os dados coletados durante sua pesquisa e comparação e depois de avaliar os pontos positivos e negativos do atual plano de marketing executado na sua empresa, sua meta será a criação de um modelo de benchmarking que possa servir de exemplo para outras empresas. E quando isso acontecer, você terá a chave do sucesso nas mãos e poderá escolher entre compartilhá-la ou guardá-la a sete chaves.

Alex
Alex
Aficcionado por tecnologia, está sempre pensando em como solucionar os problemas que surgem de maneira inteligente e por isso que é Co-Founder e CTO do http://negocieapp.com.br. Ama produtos Apple e um boa UX!