fbpx

Análise SWOT ou Matriz FOFA: saiba o que é e como fazer

Análise SWOT é uma ferramenta essencial para o planejamento estratégico de qualquer empresa.

Ela ajuda a organizar a gestão e o planejamento de um negócio e pode ser utilizada para qualquer tipo de análise de cenário, desde a criação de um blog de uma pequena empresa até a gestão de uma multinacional.

Com essa análise, você fica mais seguro na hora de tomar uma decisão importante que afeta o seu negócio, incluindo a parte financeira, pois ela reúne dados estratégicos, mostrando, com precisão, informações relevantes que poderão guiar o caminho certo a seguir.

Quer entender um pouco mais sobre análise SWOT? Confira nosso post:

Análise SWOT

O que significa SWOT? 

SWOT é uma sigla em inglês para as palavras Strengths (Forças), Weakness (Fraqueza), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças).

Em português, chamamos de análise FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças).

O termo foi criado na década de 60, na Universidade de Stanford (EUA), durante um estudo que reunia as 500 maiores corporações norte-americanas da época.

Desde então, a análise SWOT é muito usada por empresários e empreendedores para fazer o planejamento estratégico do negócio.

A análise SWOT é capaz de traçar um diagnóstico completo sobre o seu negócio e o ambiente que o cerca, incluindo o mercado em que atua e sua concorrência.

 

Para que serve a análise SWOT?

Com a análise SOWT, você é capaz de identificar os pontos positivos da sua gestão, além de descobrir em que pontos deve melhorar.

Ela serve para que você enxergue com mais clareza as oportunidades de negócio, mostra chances de crescimento e deixa a equipe em alerta diante de riscos.

A análise SOWT traz muitas vantagens ao seu negócio, como, por exemplo:

  • Identifica elementos chave para a gestão da empresa
  • Estabelece prioridades de atuação
  • Prepara opções estratégicas de riscos e problemas a resolver
  • Faz um resumo das análises internas e externas e monta um diagnóstico completo da empresa

A análise SWOT vai mostrar no que você deve investir e que mudanças deve fazer, tanto em suas estratégias quanto em sua marca/identidade visual, para ser visto no mercado e de forma positiva.

 

Você está começando agora e ainda não estabeleceu uma identidade visual para a sua empresa? Confira algumas dicas em nosso post: O que é Branding e como isso pode ajudar a minha empresa?

 

Como fazer a análise SWOT?

A análise SWOT de cenário se dividem em duas partes:

Ambiente interno (Forças e Fraquezas) – Entram aqui integração dos processos, padronização dos processos, eliminação de redundância e foco na atividade principal. As forças e fraquezas são determinadas pela posição atual em que sua empresa se encontra. Essa análise é importante pois rentabiliza o que sua empresa tem de positivo e reduz seus pontos fracos através da aplicação de um plano de melhoria.

Ambiente externo (Oportunidades e Ameaças) – Aqui avaliamos a confiabilidade dos dados, a informação imediata de apoio à gestão, a decisão estratégica e a redução de erros. As oportunidades e ameaças são antecipações do futuro e estão especialmente relacionadas a fatores externos, como a concorrência. Essa análise permite que você identifique aspectos que possam significar constrangimento ou situações embaraçosas para a sua marca e também enxergar oportunidades de negócio para alcançar os objetivos da sua empresa.

 

Exemplo do que deve ser analisado:

Oportunidades

  • Quais as oportunidades externas você pode identificar?
  • Que tendências que os concorrentes usam você pode aproveitar em seu favor?
  • Qual o desejo de seu cliente?

 

Ameaças

  • Quais ameaças (leis, regulamentos, concorrentes) podem lhe prejudicar?
  • O que seu concorrente anda fazendo, que novidades está lançando?
  • Como o seu concorrente está atendendo aos clientes?

 

Forças

  • O que você faz bem?
  • Quais recursos especiais você possui e pode aproveitar?
  • O que os clientes acham que você faz bem?

 

Fraquezas

  • No que você pode melhorar?
  • Onde você tem menos recursos que os concorrentes?
  • Onde a concorrência enxerga suas fraquezas?

 

A divisão das partes existe apenas para facilitar o processo de análise, mas não quer dizer que os dois ambientes (interno e externo) não se relacionem).

A combinação destes dois ambientes, interno e externo, irá facilitar a análise, garantindo uma tomada de decisão mais segura e favorável para os negócios e melhorando o posicionamento da sua empresa.

 

Quer aumentar sua visibilidade no mercado? Confira nosso post Posicionamento: Aprenda como se diferenciar da concorrência e domine o mercado!

 

Qual o papel de cada funcionário na análise SWOT?

Cada colaborador tem um importante papel no desenvolvimento da sua análise SWOT, bem como nas melhorias de processos e estratégias na sua empresa.

Veja algumas dicas para fazer a distribuição de tarefas entre sua equipe:

 

Ambiente interno: O ambiente interno pode ser controlado pelos dirigentes da empresa, uma vez que é resultado das estratégias de atuação definidas pelos membros da organização responsáveis pelas tomadas de decisão. Durante a análise, os pontos fortes devem ser ressaltados ao máximo, e os pontos fracos devem ser estudados e a empresa deve pensar em novas estratégias para corrigi-los ou minimizá-los.

 

Ambiente externo: Já o ambiente externo, por estar fora do controle da organização, pode ser monitorado por um profissional que faça parte da equipe ou não. Neste caso, pode-se contratar um funcionário terceirizado. Esse profissional ficará responsável por enxergar e aproveitar as oportunidades de bons negócios e prever e evitar possíveis ameaças de concorrentes.

 

Evitar ameaças nem sempre é possível, mas é possível enfrentá-las, minimizando seus efeitos.

 

Exemplo de análise SWOT

 Usaremos como exemplo uma empresa fictícia de agricultura localizada no estado do Mato Grosso. Confira suas forças, oportunidades, fraquezas e ameaças:

 

Forças

  • Tecnologia favorável para o plantio e colheita de milho (piloto automático)
  • Irrigação por pivot central
  • Equipe de consultoria na parte gerencial e técnica

 

Oportunidades

  • O preço dos fertilizantes teve queda de até 28% no país
  • O segmento da agricultura está em crescimento
  • Novidades no campo da Biotecnologia

 

Fraquezas

  • Alta rotatividade de funcionários
  • Alto custo com treinamento de novos funcionários
  • Declividade no terreno

 

Ameaças

  • O preço do milho está muito baixo no mercado
  • Fenômenos naturais, como fortes chuvas e pragas que destroem plantações
  • Dificuldade dos agricultores em adquirir crédito rural

 

Análise SWOT

Como aplicar a análise SWOT na prática?

A avaliação de todos os fatores internos e externos relacionados ao seu negócio deve ajudar nas tomadas de decisão.

Agora que você já tem a matriz preenchida, é hora de analisar os possíveis movimentos estratégicos.

Mas como você transforma a matriz SWOT em ações e estratégias?

A dica é ver como as forças, as fraquezas, as ameaças e as oportunidades se relacionam e maximizar os pontos positivos e minimizar os negativos.

Por exemplo: analise suas forças e identifique como elas podem ajudar a potencializar o negócio aproveitando as oportunidades identificadas.

As forças da sua empresa também podem ajudar a minimizar os impactos das ameaças, e assim por diante.

 

Ferramentas para análise SWOT

  1. A Endeavor, plataforma voltada para empreendedores, conta com uma ferramenta SWOT que permite organizar um plano de ação para reduzir os riscos e aumentar as chances de sucesso da empresa. Baixe aqui.
  2. Outra ferramenta útil na hora de fazer a análise SOWT é o Trello. Você pode criar quadros, adicionar etiquetas, tarefas, compartilhar sua análise com a equipe (é tudo online, não precisa de download) e recebe notificações sempre que algo for modificado. Cadastre-se aqui.

Cadastre-se em nossa Newsletter

CTA eBook01

Arquivos

Categorias