fbpx

Fluxo de caixa: o que é e como implantar em sua empresa

A organização financeira é primordial para o sucesso de qualquer negócio, pois permite que o empresário possa controlar melhor suas finanças e fazer seus planejamentos com total segurança.

Mas de que modo podemos fazer essa organização?

A resposta é simples: com o fluxo de caixa. Com este instrumento básico, a empresa pode organizar e planejar suas finanças de maneira muito mais eficaz, pois ele permite apurar e fazer uma projeção do saldo disponível, assegurando o capital de giro, que nada mais é que uma reserva financeira para eventuais gastos que a empresa possa ter.

Com o fluxo de caixa o empresário terá uma visão ampla de suas finanças, permitindo que consiga ver a disponibilidade de caixa e liquidez, ou seja, vai conseguir ter um controle dos gastos atuais e futuros do caixa de sua empresa.

Como implantar o fluxo de caixa na sua empresa?

O fluxo de caixa pode ser feito manualmente, com um simples caderno, mas dessa forma é muito trabalhoso e demanda muito tempo. Por isso, hoje esse tipo de controle está se tornando obsoleto.

Hoje está muito mais fácil e rápido controlar as finanças, pois já é possível contar com sistemas de automação, como planilhas eletrônicas ou softwares de gestão, garantindo muito mais facilidade e agilidade nos processos.

A estrutura do fluxo de caixa vai de acordo com a natureza da empresa e necessidades dos gestores. O resultado do fluxo é determinado pela apuração dos pagamentos e recebimentos realizados dentro de um período (considera-se compras à vista e a prazo, pagamento de duplicatas e pagamento de despesas em geral), daí chega-se ao valor total disponível no caixa da empresa. 

Para melhor entender como funciona a apuração de um fluxo de caixa, vejamos alguns exemplos do que pode estar incluso dentro dos pagamentos e recebimentos:

Pagamentos: fornecedores, despesas bancárias e financeiras, salários e encargos de funcionários, comunicação (telefonia, internet, correios, etc.), manutenções (equipamentos, veículos, prédios, etc.), retirada pró-labore (salários dos sócios que trabalham na empresa), serviços de terceiros (contador, advocacia, etc.), impostos e contribuições, materiais (escritório, copa, limpeza, etc.), investimentos realizados, amortização de empréstimos e dívidas.

Recebimentos: vendas à vista, vendas a prazo, em cheques (inclusive pré-datados), duplicatas, cartões, rendimentos de aplicações e outros recebimentos.

Como facilitar a gestão de seu fluxo de caixa?

Para facilitar o controle de todas essas despesas e recebimentos, nada melhor que um mecanismo que facilite a sua vida. Por isso, é importante ressaltar o papel importantíssimo da automação.

A automação é um sistema que faz o controle das tarefas de forma automática, fazendo correções e medições sem a interferência humana. Atualmente, com os avanços tecnológicos, a automação está cada vez mais presente em nosso dia a dia e vem ganhando grande projeção, fazendo com que a maioria das empresas adotem esse tipo de ferramenta.

Como já abordamos, a automação é fundamental para agilizar os processos de uma empresa, seja no fluxo de caixa ou mesmo na produtividade, assegurando a entrega de resultado com a máxima segurança em tempo reduzido, podendo, inclusive, diminuir custos com a contratação de funcionários, já que o sistema substitui o trabalho humano.

Hoje é uma grande aliada dos gestores e vem se tornando fundamental para um empresário de visão e que queira aumentar exponencialmente suas chances de sucesso, portanto é indispensável ter essa ferramenta como aliada na gestão da sua empresa.

A automação é implantada através de softwares, neste caso os denominados softwares de gestão. Eles são de fundamental importância para o gestor que quer um controle eficaz de seu fluxo de caixa, pois poupam tempo e gastos que muitas vezes são desnecessários.

Existem hoje no mercado softwares de gestão pagos e gratuitos que têm uma vasta gama de recursos para auxiliá-lo no fluxo de caixa de sua empresa, como o Conta Azul e o QuickBooks. A diferença é que os softwares pagos oferecem muito mais opções de segurança, suporte e recursos multiplataforma, além de oferecerem opções extras como emissão de nota fiscal e boleto bancário, facilitando muito a vida do empreendedor.

CTA eBook01

Arquivos

Categorias